Mesa de Bar

Lugar pra se falar sobre tudo e sobre o nada.

Minha foto
Nome:
Local: Belo Horizonte, Minas Gerais, Brazil

Sóbria, a maior parte do tempo. Na mesa de um bar me torno mais corajosa, mais sensível, mais emotiva, mais generosa. No bar e com umas cervejas a mais, as dúvidas se dissipam, as certezas afloram, as tristezas caem fora e a alegria reina. Sim, na mesa de um bar eu sou uma pessoa melhor do que fora dela.

sexta-feira, setembro 25, 2009

Vivendo e aprendendo a jogar

Hoje passei o dia desfazendo o que tinha feito a semana toda. Porque o trabalho não vai acontecer mesmo. E desfazer dá quase tanta canseira quanto fazer. Enfim, oscilo entre o alívio e a frustração.
///---///---///---///

E tem aquilo que eu aprendi recentemente, mas já devia ter aprendido há muito tempo.
Que essa história de falar sempre a verdade e honestamente é furada. Mesmo na vida profissional. Porque eu falei para um possível cliente que o prazo era inviável. E não me contrataram. Contrataram outro que, óbvio, furou o prazo previsto. Mas só avisou quando já estava contratado. De qualquer forma, ficou com o serviço e o dinheiro e a bestalhona sincera aqui só recebeu um "muito obrigado pela proposta".
///---///---///---///

Não contei nada sobre o congresso em Gramado. Foi bom.

Mas teve um dia em que, andando em meio aos painéis com trabalhos interessantíssimos, me bateu uma desilusão gigante com a ciência, com o país, com a profissão, com tudo.
É que fiquei calculando mentalmente os orçamentos do que via e o tamanho das equipes envolvidas e me deu desespero.

Porque é tanta gente (pessoas bem formadas, dedicadas, inteligentes) e tanto dinheiro (bolsas, equipamentos, material de consumo) que se empenha e se gasta e a situação ambiental continua indo de mal a pior. Me dá a terrível sensação de inutilidade, de desperdício de recursos humanos e financeiros. Que deprê.

Mas a ciência e os pesquisadores não têm culpa. São as decisões políticas que (não) se tomam.
///---///---///---///

Estou muito ansiosa com muitas coisas que não acontecem.

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home