Mesa de Bar

Lugar pra se falar sobre tudo e sobre o nada.

Minha foto
Nome:
Local: Belo Horizonte, Minas Gerais, Brazil

Sóbria, a maior parte do tempo. Na mesa de um bar me torno mais corajosa, mais sensível, mais emotiva, mais generosa. No bar e com umas cervejas a mais, as dúvidas se dissipam, as certezas afloram, as tristezas caem fora e a alegria reina. Sim, na mesa de um bar eu sou uma pessoa melhor do que fora dela.

quarta-feira, fevereiro 27, 2008

Ameaça



Será que a noiva viu?
Será que vai haver casamento?
Uia, eu me coço pra saber desses bafões.

10 Comments:

Blogger Rubão said...

Hmm, será que faltou convite? Apesar da preposição equivocada, a coisa poderia ser ainda mais assustadora se A Outra completasse a frase com: - “E à lua-de-mel também!!!”.

2/27/2008 4:17 PM  
Blogger Rubão said...

Ou então já pensou se, em vez de assinado "A Outra", estivesse "O Outro"?
É, pior seria se pior fosse.

2/27/2008 4:19 PM  
Blogger kathia said...

Mmelhor bafon que esse só o meu !rsrsrs

2/27/2008 9:27 PM  
Anonymous Isabella said...

Hohohohohoho... somos duas, Meg. Adoro saber dos detalhes picantes ;o)
Beijo prá você.

2/28/2008 8:44 AM  
Anonymous Anônimo said...

Quais os que quer saber e quais os que não quer saber? Sabe o que quer?

2/28/2008 9:41 AM  
Blogger Vivien Morgato : said...

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk......agora me esgoelei de rir.

2/28/2008 6:32 PM  
Blogger MegMarques said...

Anônimo,
de fato, nem sempre sei o que quero. Mas, modo geral, bafões e baixarias que envolvem pessoas que eu conheço e com quem convivo não me agradam. Fico sentida por algumas delas e com raiva de outras, então prefiro que nem me contem certas coisas.
No caso em questão, não faço idéia de quem são os envolvidos, então a coisa não me atinge muito e me permito achar engraçado.

2/29/2008 8:09 AM  
Blogger Euzer Lopes said...

Não é nem se vai haver casamento, ou se a noiva viu.
A pergunta que faço é: O NOIVO ESTÁ VIVO AINDA?

2/29/2008 1:55 PM  
Anonymous Chris said...

Oi Meg, bafões como esse acontecem todos os dias. Só que não são publicados (nesse caso, já ficamos sabendo que não passou de uma brincadeira entre amigos). Mas de fato, as próprias traídas querem é esconder, poupar o infiel, para permanecer com eles. Ficam sabendo da traição e não fazem nada de concreto. Os ganhos que elas costumam ter, às vezes, para elas, compensam. Simulam um perdão que não passa de uma forma de ter o outro na mão. E, às vezes, ainda tratam o traidores como vítimas de um suposto assédio da "outra". É triste, mas é verdade.
Meg, seu senso de humor, mesmo quando brava, é demais. Denota sua inteligência. Sucesso!!

3/01/2008 9:24 PM  
Anonymous Alena said...

Adoro estas audácias!

3/07/2008 7:57 PM  

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home