Mesa de Bar

Lugar pra se falar sobre tudo e sobre o nada.

Minha foto
Nome:
Local: Belo Horizonte, Minas Gerais, Brazil

Sóbria, a maior parte do tempo. Na mesa de um bar me torno mais corajosa, mais sensível, mais emotiva, mais generosa. No bar e com umas cervejas a mais, as dúvidas se dissipam, as certezas afloram, as tristezas caem fora e a alegria reina. Sim, na mesa de um bar eu sou uma pessoa melhor do que fora dela.

quarta-feira, março 03, 2010

A escola e o estudo

Olhem que interessante os resultados dessa pesquisa que a Fefê postou:

"Chegando de uma defesa de tese sobre o Orkut* e impressionada com esses dados:

Comunidade* eu amo* estudar= 22.919 membros
Comunidade* eu odeio* estudar=187.577 membros
Comunidade Odeio* estudar, mas adoro a escola=348.646"

A escola virou um local de passeio, azaração, lazer, convívio.
Tudo, menos trabalho intelectual sério e esforçado.
Será isso?

Interessante também que não tenha (ou será que tem? eu não procurei.) uma comunidade do tipo "Odeio a escola, mas amo estudar". Era isso, mais ou menos, que eu sentia na infância e adolescência. Não chegava a odiar a escola, mas achava um ambiente chato e pouco estimulante. Em compensação, eu realmente gostava de estudar. Em casa.

Lia os livros de História e Língua Portuguesa como se fossem literatura comum. Estava sempre vários capítulos adiantada em relação às aulas. Lia até o que o professor não mandava.

Matemática e Física (com as quais eu tive algumas dificuldades), eu fazia todos os exercícios de cada capítulo do livro, mesmo quando o dever de casa pedia para fazer só a metade. Aliás, Trigonometria e Geometria eram um prazer, eu os encarava como um passatempo, tipo palavras-cruzadas ou sudoku.

Surpreendeu-me o fato de tanta gente gostar da escola, uma vez que eu não gostava. Pode ser um bom começo, talvez. Melhor do que não gostar de estudar e nem gostar da escola.
///---///---///---///

Respondendo ao comentário do Boêmio:
Eu não sei se devemos nos preocupar tanto com esses resultados ou não.

À primeira vista parece que sim, que é preocupante estudantes não gostarem de estudar.

Mas o fato é que não temos com o que comparar esses dados. Será que antigamente (há 100, 50, 30, 10 anos atrás) eles gostavam? Ou nunca gostaram, desde que inventaram a escola moderna?
(eu tenho essa impressão, que a maioria das crianças e adolescentes nunca gostaram de estudar e raramente gostavam da escola)

Será que, em outros países, eles gostam? Ou é tudo farinha do mesmo saco e só fazem por obrigação? Os que gostam de estudar não seriam a minoria em qualquer lugar do mundo?

7 Comments:

Blogger Rubão said...

Acho o resultado preocupante.

3/03/2010 10:52 AM  
Blogger Fefê said...

Meg, legal vc desdobrar o assunto. Eu sempre adorei estudar e amava escola, caxias total, haha. Mas, o que eu percebo é que os alunos, especialmente os jovens, não gostam do enquadramento da escola, do rigor, das tarefas, o grande prazer está fora da sala, no recreio, onde acontece a sociabilidade, a zoação...E se vc gostava de estudar, mas em casa, mais uma dica de que o enquadramento da escola não atrai mesmo. Os educadores tentam inovar com métodos mais interativos, aulas menos convencionais, mas, mesmo assim, a apatia é grande. Vc como professora sabe como é difícil.
Beijocas

3/03/2010 12:18 PM  
Blogger Rubão said...

Como você bem salientou: percorrer essas perguntas não nos leva a respostas; encontramos somente outras dúvidas e, se perscrutarmos o horizonte da questão, nenhum sinal aparente de nada que seja capaz de dissipá-las.

No fim, desconfio que o que vale a pena mesmo - a despeito da metodologia pedagógica ou da vacilante disposição dos atuais alunos para o estudo - é usar de todas as artimanhas possíveis para incutir na molecada o gosto pela leitura.

bjk
r

3/04/2010 8:58 AM  
Anonymous Anônimo said...

Eu adorei as minhas duas escolas, uma dos 4 aos 10 anos e a outra dos 10 aos 17, e gostei sempre de estudar. Estudei em cursoa formais durante 26 anos.
Tenho até vontade de obter um novo título só para voltar a estudar e ao ambiente...

3/06/2010 9:06 AM  
Blogger RICARDO CHÁCARA said...

Bem, meu caso foi o seguinte : eu era obrigado a estudar pois senao levava mais do que um puxão de orelha em casa...

Nao tinha e nao tenho prazer em estudar...mas odeio tirar uma nota ruim! Odeio aquela sensação de incompetência após receber um 5 ou 6 em 10. Nossa, hoje estudarei para deleitar meu domingo! Creio que isso nao exista. Enfim, estudo hoje ainda para nao ter notas ruins.

Queria ter acesso a esta tese. Abraço

3/07/2010 12:26 PM  
Blogger K said...

Coincidência, mandei um e-mail contando como o Jujuba odeia escola desde o primeiro dia.Ontem, na saída, a mãe de um colega o cumprimentou com um "tudo bem Marc? " E ele : -Claro que não,vim a escola hoje !.
Mas ele tira notas excelentes pra compensar.Média 98 ano passado e torço pra que continue assim.

3/11/2010 4:12 PM  
Blogger MegMarques said...

K, eu penso isso também: nem importa muito se gostam ou não de estudar ou da escola, desde que estudem e aprendam, mesmo contrariados.

3/12/2010 10:55 AM  

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home