Mesa de Bar

Lugar pra se falar sobre tudo e sobre o nada.

Minha foto
Nome:
Local: Belo Horizonte, Minas Gerais, Brazil

Sóbria, a maior parte do tempo. Na mesa de um bar me torno mais corajosa, mais sensível, mais emotiva, mais generosa. No bar e com umas cervejas a mais, as dúvidas se dissipam, as certezas afloram, as tristezas caem fora e a alegria reina. Sim, na mesa de um bar eu sou uma pessoa melhor do que fora dela.

terça-feira, janeiro 17, 2006

Beleza

As deliciosas Fridas (duasfridas.blogger.br) fizeram um post muito legal sobre o ideal de beleza feminina, o quanto esse ideal é inadequado para a maioria das mulheres, a frustração e insatisfação geradas por ele, etc.
Concordo basicamente com tudo o que foi dito ali, menos com o fato de que este fenômeno é recente. Penso nos espartilhos que asfixiavam, nos torturantes pezinhos amarrados das chinesas, nas argolas no pescoço, na depilação desde o início do mundo... Acho que a beleza sempre foi, em todas as épocas e cultura, algo valorizado exatamente porque poucas eram capazes de possuí-la em grande quantidade. E desde sempre as pessoas, principalmente mulheres, dispenderam enormes fortunas de tempo e energia para tentar alcançar aquela forma que se considerava ideal.
O fenômeno não é recente, vem desde o início da história da humanidade, ou mesmo antes. A vaidade feminina deve ter um profundo significado biológico e evolutivo. Ao ser bela (e jovem e saudável), o que quer que isto signifique, a fêmea tem maiores probabilidades de atrair e manter um macho ao seu lado que lhe garanta a sobrevivência da prole.
A beleza está intrinsecamente ligada à juventude e à saúde, que por sua vez estão diretamente ligados à capacidade reprodutiva.
Nos dias atuais isto não se aplica, claro. Mas não se eliminam 5 milhões de anos de evolução com 50 anos de feminismo.

1 Comments:

Anonymous Helena Costa said...

Oi, Meg. Bem interessante seu ponto de vista, especialmente a sacada sobre a valorização da beleza se dar na medida em que é um "bem restrito". Muito bacana.
Ah, e ser chamada de "deliciosa" é ótemo, dá aquela lustrada no ego!
Beijo e obrigada pela visita; apareça sempre!

1/21/2006 9:10 AM  

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home