Mesa de Bar

Lugar pra se falar sobre tudo e sobre o nada.

Minha foto
Nome:
Local: Belo Horizonte, Minas Gerais, Brazil

Sóbria, a maior parte do tempo. Na mesa de um bar me torno mais corajosa, mais sensível, mais emotiva, mais generosa. No bar e com umas cervejas a mais, as dúvidas se dissipam, as certezas afloram, as tristezas caem fora e a alegria reina. Sim, na mesa de um bar eu sou uma pessoa melhor do que fora dela.

quinta-feira, março 13, 2008

Trabalho e livro

O horror dos horrores por aqui é depender do trabalho dos outros para continuar o meu.
Ou me passam as informações e dados de que preciso ou não posso fazer nada.
Eu corro, corro, corro, entrego tudo a tempo e depois fico esperando sentada que me dêem o retorno.
Maravilhas do trabalho em equipe...
///---///---///---///

"Precisamos falar sobre o Kevin" é um dos livros mais angustiantes que já li. Muito bom, bem escrito, mas só recomendo para quem tem estômago forte. É ficção, mas bem poderia ser um relato verídico, tal a plausibilidade do depoimento materno.
As ambiguidades que sentimos (ou pelo menos, eu senti) em relação à maternidade estão lá todas expostas, em linguagem direta, sem panos quentes. O questionamento de nossas (minhas) motivações. O medo, a incerteza e, acima de tudo, ela, a culpa.
O que o livro conta é uma situação extrema, limite, mas de maneira alguma inverossímil: o pesadelo de todas as mães.

3 Comments:

Blogger Rubão said...

Meu bem, respire aliviada. Ah, se você conhecesse os subterrâneos e catacumbas sombrias da publicidade. Por exemplo, reunião. Quem é do metier sabe do que falo e já deve ter visto o verdadeiro conclave de sábios e doutos que compõem as famigeradas "reuniões para tomada de decisão". Sim, é normalmente neste ambiente sinistro que frankensteins são criados, idéias corcundas se formam e campanhas sinistras ganham vida. Na comunicação, para quem aspira ser um bom profissional, mil vezes o deadline fatal(um susto que a gente convive todo dia) ao horror trash parido de uma reunião braindead.

No fim, aprecio a picardia de duas coisas que o publicitário Eugênio Mohallen costuma dizer sobre estes assuntos: 1) "Reunião é o contrário de videocassete; quanto mais cabeças, pior o resultado." e 2) "Trabalho em equipe só serve para dividir a culpa quando não dá certo. E não dá certo porque foi feito em equipe".

Bjs,
r

3/13/2008 2:52 PM  
Blogger Rubão said...

ai! "aspira a ser"! errata, quae sera tamen!

3/13/2008 5:04 PM  
Blogger Dani K said...

Meg, eu já imaginava que o livro devia ser uma porrada, então na mesma medida que tou me coçando de vontade de ler fico adiando a compra...
Mas enfim, uma hora tomo coragem e mergulho de cabeça na leitura. Beijo.

3/14/2008 5:07 PM  

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home