Mesa de Bar

Lugar pra se falar sobre tudo e sobre o nada.

Minha foto
Nome:
Local: Belo Horizonte, Minas Gerais, Brazil

Sóbria, a maior parte do tempo. Na mesa de um bar me torno mais corajosa, mais sensível, mais emotiva, mais generosa. No bar e com umas cervejas a mais, as dúvidas se dissipam, as certezas afloram, as tristezas caem fora e a alegria reina. Sim, na mesa de um bar eu sou uma pessoa melhor do que fora dela.

quarta-feira, maio 28, 2008

Para que conste dos autos

Eu me considero péssima poeta. Cometi, na juventude, alguns atentados contra a nobre arte de versejar. Ainda hoje, me assaltam, às vezes, instintos de fazer poesia, mas consigo me controlar. Ou, pelo menos, apago as provas do crime antes que cheguem ao conhecimento do público e traguem prejuízos ao senso estético alheio. Agradeçam-me, faço-o em nome do bem-estar da coletividade.

Também sou terrível dramaturga. Tentei (uma única vez, é fato) escrever uma peça de teatro e fracassei essencialmente por falta de talento. O argumento, modéstia às favas, era bom. Aliás, era ótimo, qualquer dia eu conto a história que tinha inventado. Mas escrever diálogos, que coisa difícil! E é justamente a forma como mais nos comunicamos, desde a infância; não deveria ser tão árido.

Só que eu não conseguia dar naturalidade a nenhuma das falas dos personagens. Ou ficava tudo muito óbvio, ou não ficava nada claro. Sem especificar o tom de voz, a postura, a expressão, etc é quase impossível (para mim) manifestar a personalidade de alguém. Se você quer que alguém seja amargo, triste, traumatizado com o passado, não pode colocar uma fala dizendo exatamente isso. Soa falso. Mas de alguma forma essas características do personagem têm que ficar claras, ou não se justificariam certas atitudes que ele vai tomar ao longo da trama.

Enfim, um desafio interessantíssimo que deixo para outros mais capazes do que eu.

3 Comments:

Anonymous Anônimo said...

Obrigado por nos poupar.

5/28/2008 11:54 AM  
Blogger MegMarques said...

De nada.

A gentileza dos anônimos sempre me impressiona.

5/28/2008 12:41 PM  
Blogger Ivich said...

Antes de entrar nessa blogosfera, eu possuia sérias aspirações literárias... Agora, já tomei longas doses de realidade, e como você, decidi deixar para os profissionais.

5/28/2008 1:45 PM  

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home