Mesa de Bar

Lugar pra se falar sobre tudo e sobre o nada.

Minha foto
Nome:
Local: Belo Horizonte, Minas Gerais, Brazil

Sóbria, a maior parte do tempo. Na mesa de um bar me torno mais corajosa, mais sensível, mais emotiva, mais generosa. No bar e com umas cervejas a mais, as dúvidas se dissipam, as certezas afloram, as tristezas caem fora e a alegria reina. Sim, na mesa de um bar eu sou uma pessoa melhor do que fora dela.

domingo, outubro 17, 2010

Pró-Dilma



(Mandado pela Dani, por email)
///---///---///---///

Com religião não há solução!

Detesto as religiões em geral e as mais próximas em particular. Mesmo. Disfarço minha má-vontade com um silêncio respeitoso. Porque respeito o direito de cada um de ser idiota à vontade e também porque detesto a intolerância. Então, tolero.*

Mas misturar religião e política me leva às raias da raiva. Não há sequer possibilidade de conversa, diálogo, debate, discussão, nada que seja minimamente racional. Vai tentar mostrar fatos racionais prum religioso: a inflação continua baixa, mais gente com curso superior, mais universidades, crise econômica enfrentada com tranquilidade, crescimento do PIB, déficit externo zerado, etc.

E ele redargue: "Mas isso é puramente materialista, você tem que pesar os valores morais! O governo da Dilma vai acabar com nossos valores morais!!!"

Por valores morais leia-se: criminalização do aborto e proibição do casamento gay. Ou seja, essa gente tem como dogma que, caso a Dilma não seja eleita, a mulherada vai parar de abortar e os gays vão virar hétero.

Paciência não me sobra.

Sei que estou generalizando, tem gente religiosa que sabe separar as coisas e dá a César o que é dele. E há ateus e agnósticos também muito, muito obtusos. Mas são exceções.

*Detestar igrejas e religiões não é o mesmo que detestar Deus. Gosto da idéia de Deus. Aliás, se me perguntarem, faço questão que Ele exista.

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home