Mesa de Bar

Lugar pra se falar sobre tudo e sobre o nada.

Minha foto
Nome:
Local: Belo Horizonte, Minas Gerais, Brazil

Sóbria, a maior parte do tempo. Na mesa de um bar me torno mais corajosa, mais sensível, mais emotiva, mais generosa. No bar e com umas cervejas a mais, as dúvidas se dissipam, as certezas afloram, as tristezas caem fora e a alegria reina. Sim, na mesa de um bar eu sou uma pessoa melhor do que fora dela.

sexta-feira, junho 11, 2010

Festa junina de escolinha

Na boa, acho um saco. Aqueles estalinhos, gritaria, música mecânica da pior qualidade, pais se espremendo pra tentar filmar os caipirinhas dançando quadrilha, canjica aguada, espetinho de gato, barraquinhas com brindes inúteis... E como as meninas estão em níveis diferentes, tenho DUAS a enfrentar.

Mas as pequenas gostam, então vamos lá, com toda a paciência e boa vontade que minhas forças conseguem reunir e com todos os sorrisos que meus músculos faciais conseguem manter. Alguém já disse que ser mãe não é necessariamente padecer no paraíso, muitas vezes é tentar se divertir no inferno.

4 Comments:

Blogger Rubão said...

Não sabia que era assim que você via a coisa. Podexá. Eu vou também. Não vou deixar cê encarar essa sozinha.
bjs
r

6/11/2010 9:49 AM  
Blogger Keylla Amelotti said...

Do contra falando: Eu AMO festa junina, até as de escola. Tem gritaria, estalinhos, pais se espremendo pra filmar o filho envergonhado não fazendo nada por 15 minutos, mas pelo menos a canjica (pelo menos a da UMEI da UFMG) não é aguada e os caldos de mandioca e feijão são gostosos e eu adoro comer milho verde e pé de moleque em festa junina. E os brindes inúteis eu dou um jeito de sumirem logo que chegam em casa (quando chegam). Sempre tive uma só, esse ano vai ser a primeira que terei duas, e estou feliz demais por isso, hahaha. Como boa roceira que morou 10 anos numa cidade do interior que tem São João como padroeiro, impossível não associar as festas juninas à época mais esperada de 15 dias de festa da cidade (sim, a festa de São João lá dura 15 dias, dá tempo de provar todas as iguarias, "quentar" na fogueira de 2 metros num frio de 8 graus e ver os malucos pulando a fogueira depois. E dá até pra subir no pau de sebo, hahahaha).

6/11/2010 11:51 AM  
Blogger K said...

Concordo plenamente. Eu também acho um saco, fico hiper cansada e ainda gasto horrores.Mas a Valon ama , fez até um calendário com a contagem regressiva para o grande dia .A partir do ano que vem,a dança passa a ser facultativa para ela, (agora conta ponto para Educação física)e torço sinceramente para ela desistir.
O Jujuba dança porque é obrigado senão nem apareceria por lá.

E olha, na escola deles, no final da dança, os pais devem dançar com o filho.Como sou dura e desengonçada os meninos agora preferem não pagar esse mico.Sorte minha!

6/11/2010 1:43 PM  
Blogger Ricardo Chácara said...

Ah, mais um...Odeio festas juninas e julinas como voce. Bjao

6/12/2010 7:33 PM  

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home