Mesa de Bar

Lugar pra se falar sobre tudo e sobre o nada.

Minha foto
Nome:
Local: Belo Horizonte, Minas Gerais, Brazil

Sóbria, a maior parte do tempo. Na mesa de um bar me torno mais corajosa, mais sensível, mais emotiva, mais generosa. No bar e com umas cervejas a mais, as dúvidas se dissipam, as certezas afloram, as tristezas caem fora e a alegria reina. Sim, na mesa de um bar eu sou uma pessoa melhor do que fora dela.

domingo, janeiro 22, 2006

Fica bêbado!

Fica Bêbado!

Fica sempre bêbado.
É isso!
O grande imperativo!
Para não sentires
o horrível flagelo do tempo
castigando teus ombros
e lançando teu corpo à terra.
Fica bêbado e permaneças assim.
De quê?
De vinho, poesia, virtude, o que for.
Mas fica bêbado.
E se alguma vez acontecer de acordares
nos portões de um palácio,
na grama verde de um parque,
na branca solidão do teu quarto,
tua bebedeira ida ou desaparecida,
pergunta ao vento,
à onda,
à estrela,
ao pássaro,
ao relógio,
pergunta a tudo o que voa,
a tudo o que grunhe,
ou rola,
ou canta,
a tudo o que fala,
pergunta que horas são,
e o vento,
a onda,
a estrela,
o pássaro,
o relógio,
responderão:
“Hora de ficar bêbado!
Não sejas escravo martirizado do Tempo.
Fica bêbado!
Permaneças bêbado!
De vinho, virtude, poesia, o que for!”

Charles Beaudelaire

(a tradução está pior que péssima, fui eu que fiz.)

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home