Mesa de Bar

Lugar pra se falar sobre tudo e sobre o nada.

Minha foto
Nome:
Local: Belo Horizonte, Minas Gerais, Brazil

Sóbria, a maior parte do tempo. Na mesa de um bar me torno mais corajosa, mais sensível, mais emotiva, mais generosa. No bar e com umas cervejas a mais, as dúvidas se dissipam, as certezas afloram, as tristezas caem fora e a alegria reina. Sim, na mesa de um bar eu sou uma pessoa melhor do que fora dela.

quarta-feira, abril 07, 2010

Friozinho bom, este que nos resfresca agora em BH.
Seja muito bem vindo, outono!
///---///---///---///

Casa de Bonecas, de Ibsen.
Das piores decepções literárias que já tive. O tema não envelheceu, a submissão e infantilização femininas ainda são atuais. Mas o texto é ruim, superficial, a trama não convence, a personalidade da protagonista é mal-resolvida, ora é capaz de grandes decisões temerárias, ora é uma bobinha pueril.
Ou então sou eu que, definitivamente, não sou capaz da fruição de ler dramaturgia.

Teatro, só no Teatro.
///---///---///---///

Os Irmãos Karamázov, de Dostoiévski.
Finalmente, e ainda estou só no comecinho, Gruchenka entrou na história. Agora as coisas vão começar a se animar.
///---///---///---///

Admirações erradas, como bem disse o Boêmio.
Quando se conhecem bem os interlocutores, certas "gracinhas" podem ser divertidas. Quando não é o caso, pegam mal. E quando vêm em momentos delicados, como o que vivemos nas duas últimas semanas, tornam-se realmente estúpidas.
Não sei se foi proposital, se foi padrão para todos, se foi descuido, desconhecimento, mas causou-nos mal-estar.
Não elogio mais, não admiro mais, não quero nem saber. Embora para o envolvido isso pouco importe.
///---///---///---///

Muito medo dessa chuva carioca.

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home