Mesa de Bar

Lugar pra se falar sobre tudo e sobre o nada.

Minha foto
Nome:
Local: Belo Horizonte, Minas Gerais, Brazil

Sóbria, a maior parte do tempo. Na mesa de um bar me torno mais corajosa, mais sensível, mais emotiva, mais generosa. No bar e com umas cervejas a mais, as dúvidas se dissipam, as certezas afloram, as tristezas caem fora e a alegria reina. Sim, na mesa de um bar eu sou uma pessoa melhor do que fora dela.

sexta-feira, novembro 14, 2008

Meninices

Bibi e Laurinha fizeram sua lista das 50 pessoas mais bonitas do mundo e tenho a glória de estar entre elas, junto com o Boêmio e mais todas as pessoas da família e agregados!

Imparcialidade é tudo nesta vida.
///---///---///---///

Fomos brincar de "Astros". Uma cantava, as outras duas davam opiniões, sugestões, vai para a final: sim ou não.
A Bibi captou direitinho o espírito da coisa e quando pôs o Bôemio para cantar saiu-se com esta:
"Você tem que pôr mais emoção na voz, se preparar e ensaiar mais, estudar canto. Depois você volta aqui para tentar de novo, tá?"
///---///---///---///

Tem sido muito interessante e emocionante acompanhar a evolução do relacionamento das menininhas com o Boêmio. A experiência era absolutamente nova para nós quatro: ele nunca teve uma namorada com filhos, elas nunca tiveram uma mãe com namorado, eu nunca namorei com elas por perto.

Logo no início, há quase um ano já!, Laurinha aceitou a situação com naturalidade, por ser mais velha, por compreender melhor as coisas. Mas, ao mesmo tempo em que admitia se relacionar bem com o namorado da mãe, não dava muito espaço para maiores demonstrações de amizade ou afeto. O que, com o tempo, acabou sendo construído e firmado. Hoje, é ela quem me pede para convidá-lo para jantar lá em casa todas as noites ou para ir ao cinema conosco. É ela quem, por livre iniciativa, pega o telefone e liga pra ele para contar que um dentinho caiu, por exemplo.

Bibi foi muito mais difícil. Ciúmes explosivos. Não queria sentar no mesmo sofá, não queria falar ou olhar ou ter qualquer contato físico. Mas acabou sendo conquistada. Durante algum tempo ela lutou bravamente com seus próprios sentimentos. Ela não queria gostar dele, mas se divertia muito quando ele estava presente. Não o queria por perto mas, quando ele estava por perto, havia uma vontade de se aproximar e interagir. Hoje, ela é a primeira a pular no colo quando ele entra em casa. É ela quem pede para ser carregada e jogada pra cima ou rodopiada pela sala. É ela quem o tira para dançar.

Na cabecinha dela ainda há alguma confusão em relação à figura paterna e masculina. De vez em quando, dispara algumas perguntas do tipo: "o Rubão vai ser meu pai, se vocês casarem?", "se você tiver nenén, o Rubão vai ser pai do nenén e vai ser o quê de mim?", "eu já tenho o papai, né? ele vai ser sempre o meu papai, né?". Óbvio que nós explicamos que as coisas não mudam, pai é sempre o pai. Mais do que tirar uma dúvida, acho que o que ela nos pede é para assegurar algumas certezas.

De qualquer forma, fico muito, muito, muito feliz de ver como elas já estão certas e convencidas de que esse Rubão só veio acrescentar à nossa família!

8 Comments:

Blogger Rubão said...

Putz! Dizer o quê? Tô sem fala, aqui.
Vocês é que vieram colorir meu dia-a-dia.

Superbeijo, amore.
r

11/14/2008 10:45 AM  
Blogger Paty Caetano said...

Gente, quantas lindezas!!
Adorei tudo! E me emocionei aqui.(como fã do "quarteto" fantástico)

11/14/2008 11:09 AM  
Blogger Fefê said...

Eu também me emocionei, já que vivemos o mesmo filme aqui. Que bom que as pequenas se renderam ao Boêmio !!!
Ah, e adoria essa cantoria estilo "Ídolos". Boêmio, vc vai ter que ser matricular no curso de canto da Babaya urgente! Haha !!!

11/14/2008 12:27 PM  
Blogger Rubão said...

Mas é claro! Meg, a Mulher-elástica. Laurinha, a Garota Invisível. Bibi, a Tochinha Humana. Eu, o Ben Grimm, naturalmente.

11/14/2008 2:22 PM  
Blogger MegMarques said...

Ai, é "Ídolos" o nome do programa, né? Me confundi.

11/14/2008 2:58 PM  
Blogger Tina Lopes said...

Posso ser bem besta? Ai que fofice.

11/14/2008 6:48 PM  
Blogger Carol said...

Meg amiga, que felicidade deliciosa!!! Seja feliz, sempre. Desejo toda sorte do mundo pra vc...nem sabia que tinha um agatão na sua vida....Obrigada pela visita!! Um grande beijo e um lindo fim de semana!!

11/14/2008 10:44 PM  
Blogger Vivien Morgato : said...

Esse tema é delicado mesmo. Mas acho bacana quando a familia se reagrega e se redefine.
Beijos a sua familia mosaico!!! vida longa e próspera.;0)

11/17/2008 2:57 PM  

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home