Mesa de Bar

Lugar pra se falar sobre tudo e sobre o nada.

Minha foto
Nome:
Local: Belo Horizonte, Minas Gerais, Brazil

Sóbria, a maior parte do tempo. Na mesa de um bar me torno mais corajosa, mais sensível, mais emotiva, mais generosa. No bar e com umas cervejas a mais, as dúvidas se dissipam, as certezas afloram, as tristezas caem fora e a alegria reina. Sim, na mesa de um bar eu sou uma pessoa melhor do que fora dela.

sexta-feira, novembro 04, 2011

Frase da Semana

"Quem trabalha não tem tempo de ganhar dinheiro."

Ouvi isso ontem, numa palestra sobre educação financeira, quando um dos palestrantes discorria sobre bolsa de valores e alertava que quem quer mesmo ganhar dinheiro grosso, ficar rico, tem que viver disso, ou seja, estudar o assunto com seriedade e passar os dias alerta na frente do computador, fazendo cálculos e mandando comprar e vender. Um trabalho, na verdade.

Segundo o especialista, apesar do risco, as ações continuam sendo a melhor aplicação possível para o nosso suado dinheirinho. Depois do mercado de ações, os títulos do Tesouro Nacional e CDBs variadas. Poupança nem é considerada investimento, já que não se ganha dinheiro com poupança atualmente, só se evitar perder.

O pior de tudo são os títulos de capitalização e os fundos de renda fixa: equivale a jogar dinheiro fora. Não que os rendimentos sejam baixos, às vezes até nem são, mas o problema com essas aplicações é que as taxas de administração que os bancos cobram são extorsivas, levam todo o rendimento embora. De acordo com o economista lá, taxa de administração acima de 2,5% já torna a aplicação desvantajosa, rendendo menos que o índice de inflação. E os bancos cobram algo entre 4% e 4,5%.

Ah, e tomem muito, muito, muito, muito cuidado com previdência privada. Pode ser uma enorme roubada.

Os dois palestrantes, corretores da maior empresa de investimentos do Brasil, ambos com doutorado em Matemática Financeira, detonaram as instituições bancárias, falaram muito mal de todos os bancos, vilões de todos os horrores. Achei o fato curiosíssimo. Eu tinha para mim que todas as instituições financeiras (corretoras, seguradoras, bancos, etc) eram meio amiguinhas umas das outras, que se defendiam, que haveria um certo corporativismo, sei lá.

Fiquei surpresa ao saber que empresas, corretoras, acionistas, todo mundo em geral, odeia os bancos. Além de nós, cidadãos.

Ah, e sabem qual foi a empresa recordista em rendimentos nos últimos 10 anos, no Brasil? Petr0brás, Gerdau, Vale?

Que nada! Foram as L0jas Americanas, uma empresa classificada como de pequena capitalização (que não põe muitas ações no mercado). Rendeu 635% em uma década. Quem comprou R$1.000,00 em ações das Americanas em 2001, está agora com R$635.000,00!

3 Comments:

Blogger GH of Xaos said...

Er... Sua conta está errada! Se rendeu 635%, os R$1000,00 se transformam em R$6350,00. :)

Eu tenho achado, cada vez mais, que quem ganha dinheiro apenas investindo em ações são parasitas pra sociedade. Só ganham dinheiro com especulações, sem produzir ABSOLUTAMENTE nada de útil!!! Esse sistema financeiro mundial está muito errado. :/

11/05/2011 9:17 PM  
Blogger MegMarques said...

É verdade, fiz as contas erradas! Acho q me deixei entusiasmar com o milagre da multiplicação do dinheiro, hehehe.

De qualquer forma, concordo com vc: se tem gente ganhando sem trabalhar é porque tem gente trabalhando sem ganhar.

Ainda assim, nós que trabalhamos e produzimos coisas úteis, devemos saber como aproveitar da melhor maneira possível o que o nosso trabalho rende.

beijo pra vc, sumido!

11/06/2011 12:36 PM  
Anonymous anna v. said...

Meg, renda fixa só é jogar dinheiro fora se você se deixar enganar por essas taxas abusivas. Mas todo banco tem taxas menores, desde que você tenha um capital inicial maior para o investimento. (eu pago 0,8% de taxa de adm. na renda fixa, e tem rendido mais de 1% ao mês recentemente.) Essas palestras são, é claro, para estimular as pessoas a investir em ações, e obviamente enfatizam demais as vantagens desse mercado, mostrando essas valorizações espetaculares ("quem investiu mil reais de 1995 hoje tem milhões"). Mas para quem é gente comum como a gente, acho que só vale a pena investir em ações um percentual pequeno do que você tem disponível (10-15%), e mesmo assim sabendo que é investimento a longo prazo. Eu tenho vontade de ter ações, mas nunca comprei, e não vai ser agora, quando a bolsa só cai, que eu vou começar. Eu sou conservadora, aplico em renda fixa e no tesouro direto, e estou satisfeita com os resultados, ainda que modestos para os padrões dos profissionais do dinheiro. Pelo menos ganho da inflação e dá pra fazer um pé de meia. Ah, e eu concordo com os palestrantes sobre a roubada da previdência privada como é hoje no Brasil. Já pesquisei o assunto e nunca achei um produto que me parecesse vantajoso.
Beijos.

11/06/2011 10:53 PM  

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home